Discriminação no trabalho, qual é a importância do RH combater?

3 minutos para ler
Powered by Rock Convert

A discriminação no trabalho é algo bem preocupante. Além de criar uma cultura preconceituosa e ofensiva, também faz com que a vítima se sinta oprimida e, com isso, desenvolva problemas emocionais, como depressão e ansiedade, tendo dificuldades para se encaixar no mercado de trabalho.

Esse é um problema que precisa ser eliminado da sua empresa, e o setor de Recursos Humano (RH) desempenha um papel fundamental nessa missão tão importante. Além disso, é essencial frisar que qualquer atitude discriminatória pode gerar prejuízos judiciais para a empresa.

Para evitar esse tipo de transtorno e criar uma cultura organizacional saudável e de confiança, resolvemos escrever este artigo para mostrar a você a importância do RH no combate à discriminação no trabalho. Acompanhe!

Qual é o papel do RH no combate à discriminação?

Infelizmente, a discriminação é mais comum do que você imagina, pois ela está arraigada na sociedade. Por essa razão, todos precisamos trabalhar para evitar que esses episódios se repitam no ambiente organizacional, uma vez que os danos psicológicos podem ser irreversíveis.

O gestor de RH desempenha um papel muito importante nesse momento, pois esse setor é responsável por oferecer treinamentos aos colaboradores e selecionar os talentos que farão parte da empresa. Assim, apostar na diversidade é o primeiro passo para combater a discriminação de maneira eficiente. Incluir colaboradores com deficiência, por exemplo, é uma ótima forma de contribuir para acabar de vez com esse problema.

Quais as medidas para combater a discriminação no trabalho?

A seguir, listamos as principais medidas que devem ser tomadas para evitar a discriminação no trabalho. Veja quais são elas!

Desenvolver uma cultura organizacional de respeito às diferenças

Transformar em cultura organizacional o respeito às diferenças é fundamental para combater a discriminação no trabalho. Nesse sentido, é essencial que você promova um tratamento inclusivo e igualitário dentro do seu negócio, independentemente de cargo, orientação sexual, cor etc.

A empatia precisa fazer parte de todos os processos, com o intuito de reforçar esses valores e o bom comportamento entre os colaboradores.

Ter ciência do que diz a legislação

A Lei 9.029/1995 é bem clara em relação à discriminação no trabalho. Assim, é importante que você esteja atento para não deixar passar nenhuma irregularidade. Do contrário, o seu negócio corre sérios riscos de responder a processos judiciais que podem comprometer o seu orçamento e, inclusive, a sua permanência no mercado.

Oferecer treinamentos em prol da diversidade

Os treinamentos precisam ser vistos como um trabalho educativo, que vai orientar os colaboradores a adotarem uma cultura de respeito às diferenças. Essa educação ajuda a ampliar as relações interpessoais, criando um ambiente organizacional mais harmônico e produtivo.

Os treinamentos oferecidos precisam ser de alta performance, a fim de incentivar todos os envolvidos a colocar em prática diariamente o que aprenderam.

A discriminação no trabalho é um assunto sério, e você precisa desenvolver ações eficientes para combatê-la. Como você pôde perceber, o RH desempenha um papel fundamental nessa tarefa, por isso, é importante contar com profissionais especializados para garantir o sucesso dessas novas medidas.

Gostos das dicas? Então, aproveite a oportunidade e assine a newsletter do blog para acompanhar todas as novidades!

Posts relacionados

3 thoughts on “Discriminação no trabalho, qual é a importância do RH combater?

Deixe um comentário