Saiba como atender um deficiente auditivo com essas 6 dicas!

4 minutos para ler

A deficiência auditiva é muito comum no Brasil e saber se comunicar com os surdos e como atender um deficiente auditivo poder se um grande diferencial na sua empresa, além de promover a inclusão e acessibilidade.

Para te ajudar a entender um pouco mais sobre o assunto, listamos 6 dicas práticas e simples para você colocar em funcionamento na sua empresa logo. Boa leitura!

1. Mantenha contato visual com a pessoa com deficiência auditiva

É importante que exista contato visual com a pessoa surda. Evite circular e fazer movimentos bruscos durante a comunicação e escolha um local tranquilo para o atendimento, evitando lugares muito movimentados que propiciem a interrupção da comunicação.

Para chamar a atenção de uma pessoa com deficiência auditiva, você pode tocar suavemente o braço ou o ombro, evitando tocar lugares como as costas ou a cabeça, pois poderá fazer com que o surdo se sinta desconfortável.

2. Tenha cuidado com a iluminação

Escolha um bom lugar para iniciar o atendimento ao cliente surdo. O deficiente auditivo deve estar em um local estratégico e com uma boa perspectiva visual do lugar em que se encontra.

Realizar o atendimento em um ambiente iluminado, sem muitos objetos que possam distrair ou chamar a atenção é o ideal.

3. Seja expressivo

Ter uma boa expressão facial é um fator essencial para atender um deficiente auditivo, assim como os elementos que completam o discurso verbal: gestos, mímicas, escrita etc.

Os gestos são de grande auxílio na comunicação com os surdos mas evite realizar sinais se você não conhece a Língua Brasileira de Sinais, pois pode ser confuso para o surdo.

Caso o surdo ainda não esteja entendendo o que você está explicando, procure outras palavras e busque sinônimos simples. É importante demonstrar paciência e empatia.

4. Evite falar muito lentamente

Para atender uma pessoas surda não é preciso falar muito rápido, nem muito devagar. É importante falar de forma clara e sem exageros, usando frases curtas e simples para que o surdo consiga compreender totalmente o que está sendo dito.

Permita que a pessoa veja bem o seu rosto pois alguns surdos conseguem compreender melhor o que está sendo dito através da leitura labial.

Caso a pessoa possua algum tipo de deficiência auditiva em que ainda há alguma percepção de sons, em alguns casos aumentar o tom de voz pode ajudar na comunicação, mas lembre-se: não é necessário gritar.

5. Conheça a Língua Brasileira de Sinais

A comunicação oficial dos surdos é a Língua Brasileira de Sinais. Aprender Libras, além de incrementar a sua carreira, é um meio de ampliar sua comunicação e melhorar o atendimento na sua empresa.

Caso o surdo esteja acompanhado de um intérprete, dirija-se sempre ao surdo para se comunicar. Nesse momento o cliente é ele e não o acompanhante. Isso demonstrará respeito à pessoa com deficiência auditiva

6. Conte com o auxílio da tecnologia

Existem vários meios de comunicação para conversar com uma pessoa com deficiência auditiva: e-mails, mensagens de texto, cartas, fax, serviços de vídeo-interpretação etc.

Utilize ferramentas e busque sempre se atualizar sobre como o uso da tecnologia pode ajudar no atendimento à pessoa com deficiência auditiva, quebrando as barreiras de comunicação dos ouvintes com esses cidadãos..

A SignumWeb disponibiliza uma plataforma web que conta com intérpretes qualificados para fazer a comunicação em Libras online.

Entre em contato para ter mais informações sobre esse serviço! Estamos sempre prontos para atendê-lo.

Posts relacionados

3 comentários em “Saiba como atender um deficiente auditivo com essas 6 dicas!

Deixe um comentário