Inclusão de PcDs – pessoas com deficiência nas empresas e o clima organizacional.

4 minutos para ler
Powered by Rock Convert

A inclusão de PcDs nas empresas exige um cuidado ainda maior com o clima organizacional, que é a percepção que os seus colaboradores têm do ambiente de trabalho. Sendo assim, ele pode ser tanto positivo quanto negativo. É claro que quanto mais positivo ele for, mais os seus funcionários, com deficiência ou não, ficarão satisfeitos e felizes em fazer parte da sua equipe.

Quando isso acontece, fica mais fácil solucionar os problemas e o relacionamento com toda a equipe é beneficiada — o que é essencial para quem deseja alcançar o sucesso. No entanto, é importante destacar que os benefícios vão muito além disso.

Neste artigo, explicaremos a você por que é preciso analisar o clima organizacional da empresa, especialmente quando da inclusão de PcDs, e mantê-lo sempre positivo. Acompanhe!

Retenção de talentos

Entre as pessoas com deficiência também é possível identificar talentos que precisam ser retidos. Isso é algo muito importante para as empresas, uma vez que esses profissionais podem trazer ideias inovadoras para o setor, as quais contribuem para o sucesso do negócio.

Quando esses talentos trabalham em um ambiente agradável, dificilmente darão preferência para os seus concorrentes. Com isso, a sua empresa ganha em produtividade e diferencial, pois não são todos os empreendimentos que contam com profissionais dedicados e responsáveis.

Redução do turnover

Ao reter talentos, a empresa consegue reduzir suas taxas de turnover. Ou seja, aquele “entra e sai de funcionário”. Dessa forma, os custos com contratação e demissão de colaboradores também é reduzido, otimizando, assim, o fluxo de caixa da empresa.

Além disso, não será mais necessário perder tempo ensinando o novo colaborador. Aqui, os custos com treinamentos também são diminuídos.

Diminuição dos conflitos internos

Conflitos internos podem ocorrer por diversos motivos, seja pela forma que os relacionamentos são construídos, seja pela falta de uma comunicação eficiente. Quando isso acontece, toda a equipe sofre, pois além do retrabalho, há também a necessidade de lidar com o “climão” que fica na empresa.

Ao criar um clima organizacional agradável, os colaboradores conseguirão trabalhar com mais tranquilidade e terão liberdade para tirar suas dúvidas e pedir ajuda, sempre que necessário, reduzindo, assim, as situações que geram conflitos.

Avaliação da inclusão de PCDs

As pessoas com deficiência (PCDs) enfrentam muitas dificuldades no seu dia a dia. Sendo assim, quando elas são inseridas no mercado de trabalho, a sensação de conquista é algo muito especial para eles. Nesse momento, você precisa avaliar a inclusão de PCDs na sua empresa.

Com isso, é necessário criar recursos para que elas se sintam parte da equipe e que possam ser ouvidas assim como os demais. O gestor de RH desempenha um papel muito importante nesse momento, por isso, você precisa reunir-se com ele para definir quais são as melhores práticas para oferecer a esses profissionais um clima organizacional agradável e produtivo.

Melhorar o clima organizacional é obrigação do gestor. Por essa razão, é importante que você coloque em prática ações que visam tornar o ambiente de trabalho mais agradável. Em relação às PCDs, conte com o auxílio de profissionais que saibam como agir em diferentes situações para incluí-los de maneira eficiente na rotina de trabalho. Se o PCD for um surdo, conte com a plataforma SignumWeb para auxiliar na comunicação.

Desenvolver uma boa comunicação também é essencial nesse momento. Entenda agora por que é importante ter uma boa política de comunicação na empresa. Se gostou, compartilhe o conteúdo e conte com a SignumWeb, quanto às questões relacionadas à comunicação com surdo.

Posts relacionados

Um comentário em “Inclusão de PcDs – pessoas com deficiência nas empresas e o clima organizacional.

Deixe um comentário