Veja 5 exemplos de acessibilidade de empresas inclusivas com surdos, que já utilizam a SignumWeb!

4 minutos para ler
Powered by Rock Convert

Empresas inclusivas com surdo é o nosso tema, porque atualmente as pessoas vivem em um mundo de muitas conexões, porém as que tem deficiência, principalmente os surdos que usam Libras e não têm domínio do português, sentem dificuldades de se comunicar com outros indivíduos.

Quando nos referimos às empresas, a situação se agrava, pois, ainda são poucas que dão exemplos de acessibilidade visando o bem-estar daqueles que apresentam alguma privação de sentidos.

Diante disto, aquelas organizações que envolvem um PCD (pessoas com deficiência) precisam ganhar destaque para servir de exemplo para as demais e ampliar a discussão tanto para a contratação como para as formas de atendimento a este público específico.

Este post é dedicado a elas que buscam uma sociedade com mais equidade, confira!

Entenda os motivos das empresas inclusivas com surdos e que acolhem a diversidade nos negócios.

As empresas não devem contratar qualquer contratar um PCD somente para cumprir a Lei de Cotas, sua visão precisa ser estratégica para estimular a diversidade de pessoas que fazem parte do seu negócio. Por exemplo, no Brasil existem mais de 10 milhões de pessoas surdas, dessas, 20% não escutam absolutamente nada.

Assim, ao admitir um profissional com deficiência você promoverá experiências inusitadas interna e externamente na equipe, pois a diversidade auxilia nas novas formas de enxergar a vida e lidar com os problemas, trazendo vantagens quanto a:

  • diversidade de ideias;
  • desenvolvimento da empatia;
  • crescimento do capital humano e cultura organizacional;
  • análise do quadro funcional;
  • clima organizacional;
  • recrutamento mais qualificado e sem preconceito;
  • inovação na comunicação interna.

Conheça 5 empresas inclusivas com surdos que são exemplos de acessibilidade

1. Sebrae Minas

O Sebrae Minas entende a necessidade da acessibilidade comunicativa para surdos e vem pensando num Programa de Inclusão Social que inclui a contratação da SignumWeb bem como a sensibilização dos seus colaboradores sobre o assunto.

Esta inovação levou a startup a participar da revista Passo a Passo do Sebrae de Minas Gerais. Seu fundador Felipe Barros, aparece na editoria “Espaço para Todos” sobre inclusão, contando um pouco da história da organização.

2. Saúde Business

A Rede de Cuidados de Saúde (Saúde Business) está presente em 80 cidades brasileiras. Ela inovou o setor médico-hospitalar e está implantando a comunicação em Libras em tempo real, por meio de uma plataforma de videoconferência proveniente da SignumWeb.

Desta forma, os pacientes surdos poderão ser atendidos pelos profissionais de saúde que vão acionar o intérprete virtual para se comunicarem.

3. Drogaria Araújo

A Drogaria Araújo, também fez parceria com a SignumWeb oferecendo aos seus clientes um atendimento acessível, inclusivo e virtual na loja do Garden Shopping Anchieta. Lá os mineiros surdos poderão se comunicar em Libras com qualquer atendente.

Para a empresa esse avanço trará liberdade, autonomia, dignidade, igualdade aos surdos. Um Totem com webcam para o deficiente acessar sempre que precisar, se encontra nessa loja da Drogaria.

4. Hospital Urológica

Outro parceiro da plataforma SignumWeb de Libras é o Hospital Urológica, de Belo Horizonte, que oferece o sistema virtual aos seus pacientes. Como seu compromisso é proporcionar conforto e qualidade de vida a todos os seus clientes, seus gestores entendem que o atendimento ao surdo, faz parte do processo. Quem precisar pode realizar uma consulta com intermediação de um intérprete de Libras, em tempo real.

5. APAE Minas

A acessibilidade é um quesito de valor para essa organização e ela tem um olhar diferenciado para a rede de relações humanas.

Por se preocupar em dar atenção igual a todos, a APAE contratou a SignumWeb para promover acessibilidade entre surdos e ouvintes no CER IV

Sobre a SignumWeb – Comunicação inclusiva

A plataforma web de videoconferência da SignumWeb auxilia na autonomia dos surdos, promovendo a acessibilidade comunicativa e a privacidade. Assim a pessoa com esse tipo de deficiência não precisa levar intérprete presencial de Libras, quando a empresa não dispõe desse profissional.

Afinal, para implantar a Lei de Acessibilidade ao Surdo, alguns aspectos devem ser observados como atendimento ao surdo por videoconferência, treinamento de funcionários para prestação de atendimentos em Libras, domínio da língua de sinais, dentre outros.

Um fato é certo, as pessoas com deficiência devem fazer parte da sociedade como um todo e participarem de todas as situações da vida, inclusive no que diz respeito a dar exemplos de acessibilidade.

Considerou o post relevante? Aproveite para passar estas informações adiante compartilhando em suas redes sociais.

Posts relacionados

Deixe um comentário