Como promover a integração de pessoas com surdez na empresa?

4 minutos para ler

Promover a integração na empresa de pessoas com surdez é fundamental para oferecer oportunidades para aqueles que costumam ter muito pouco espaço no mercado profissional. São muitos os pontos positivos, ao se pensar na integração de pessoas surdas. Além de contribuir para a responsabilidade social, esse tipo de ação incentiva um gerenciamento mais humanizado, beneficiando a sua imagem como empresa socialmente responsável.

O problema é que muitos gestores ainda têm dificuldades para integrar as pessoas com surdez em sua empresa, principalmente no que diz respeito à acessibilidade na rotina de trabalho.

Neste artigo, serão apresentados as principais dicas para você realizar a integração com sucesso. Acompanhe!

Promova adaptações para o surdo, no ambiente de trabalho

O primeiro passo é organizar o ambiente de trabalho para receber a pessoa com surdez. Nesse momento, é preciso investir em alertas luminosos, alarmes e sistemas especializados para permitir que o surdo consiga se adaptar e desempenhar as funções com mais qualidade.

Se for um surdo que também tenha baixa visão ou seja surdocego, e interessante organizar os móveis de maneira que ele possa se locomover tranquilamente e identificar lugares como sua mesa de trabalho, banheiro, cozinha, saídas etc. Embora tudo isso envolva custos, essas ações são essenciais para promover a segurança de todos.

Elabore programas de capacitações e informações

Muitas empresas encontram dificuldades para incluir o surdo nas suas atividades diárias. Isso se deve à falta de informações e capacitações que permitem qualificá-los para executar suas responsabilidades da melhor maneira possível.

Nesse sentido, é importante elaborar programas de capacitações e informações que visam facilitar o dia a dia do surdo dentro da empresa, permitindo que ele desempenhe seu papel com facilidade. Além disso, por meio dessa ação, eles poderão se qualificar para melhorar seus resultados.

Ofereça treinamentos

Uma ação importante é oferecer treinamentos especializados para facilitar a acessibilidade dentro do ambiente organizacional. Nesse sentido, o papel da empresa é fornecer aos colaboradores com deficiência auditiva atividades e recursos que incentivem sua independência no trabalho, principalmente no que se refere ao acesso a conteúdos, os quais podem ser descrições, áudios, libras ou braille, no caso de surdocego.

O treinamento também deve se estender aos demais colaboradores, uma vez que eles precisam saber se comunicar com a pessoa surda e manter a rotina de trabalho em ordem. Nesse caso, o ideal é oferecer curso de libras para que os demais funcionários se familiarizem com a língua e possam se comunicar de maneira eficiente com a pessoa surda.

Desenvolva uma boa política de comunicação interna

Por fim, mas não menos importante, está a comunicação interna é responsável por manter as equipes alinhadas e os processos organizados. No caso das pessoas com surdez, a política de comunicação interna deve envolver ferramentas como o quadro de avisos e outras orientações visuais que permitem que o deficiente auditivo execute suas funções da maneira correta. Além disso, existem tecnologias assistivas, a exemplo da SignumWeb, onde é possível chamar um intérprete profissional de Libras em tempo real, para intermediar as comunicações.

A integração na empresa de pessoas com surdez é essencial para possibilitar que mais talentos façam parte do seu quadro de funcionários. Nesse sentido, é importante que a empresa invista em tecnologia para facilitar a integração e torná-la cada vez mais eficaz. Dessa forma, todos os envolvidos ficarão satisfeitos e motivados a tornar o ambiente de trabalho cada dia melhor.

Gostou das dicas? Quer dar alguma sugestão ou tem uma dúvida? Deixe nos comentários aqui embaixo!

Posts relacionados

2 thoughts on “Como promover a integração de pessoas com surdez na empresa?

Deixe um comentário