Quais dificuldades dos surdos ao longo da vida?

4 minutos para ler

Você já pensou nas dificuldades dos surdos ao longo da vida? São muitas as dificuldades que enfrentam, são vários os obstáculos a serem superados.

A maioria de nós, os que escutamos, não temos a dimensão das barreiras a que estão submetidos aqueles que vivem num mundo silencioso, tendo de interagir (e competir) em uma sociedade de ouvintes. Neste post listaremos apenas 05 das áreas onde os surdos enfrentam dificuldades, para que entendamos as questões que precisam ser repensadas, a fim de que haja equidade, uma adaptação coerente das regras que tratam da inclusão social do sujeito surdo na sociedade.

1. Dificuldades na formação acadêmica

Sejam surdos usuários de Libras, sejam surdos oralizados, a rotina de um deficiente auditivo é marcada por lutas constantes para lidar com as barreiras comunicativas na escola. A superação de tais barreiras faz parte do processo de desenvolvimento do surdo, não apenas como uma obrigatoriedade ou imposição, mas como uma necessidade para alcançar autonomia. Mas é preciso refletir: Será que o surdo supera e aprende ou apenas contorna as barreiras comunicativas para avançar na formação?

2. Dificuldades dos surdos no mercado de trabalho

Outra questão, uma outra dificuldade bastante grave, é no momento de entrar no mercado de trabalho. Apesar de existir uma lei que trata de cotas reservadas para pessoas com deficiência, os surdos se veem numa situação complicada. Mesmo para aqueles que conseguiram uma formação acadêmica, entrar no mercado de trabalho e ter sua capacidade laboral reconhecida é uma batalha. Para eles normalmente está reservado o subemprego.  Até em concursos públicos o surdo enfrenta dificuldade, porque concorre nas vagas especiais com outras deficiências que não são limitadoras com relação ao acesso ao conhecimento e às informações.

3. No mercado de consumo, numa loja por exemplo, como se dá a relação entre surdos e ouvintes?

As dificuldades se repetem no mercado de consumo. Se um surdo necessita comprar uma roupa, um sapato ou qualquer outro item e precisa que o atendente passe informações básicas, como a existência de outras cores e tamanhos, política de trocas ou qualquer outra informação relevante? Só quem é surdo sabe como é difícil lidar com situações que parecem tão simples para os ouvintes. No momento de pagar, se o caixa pergunta como será o pagamento, em quantas vezes vai querer parcelar, se deseja digitar o CPF, como o surdo usuário de Libras vai entender? Muitas vezes, até nessas atividades tão corriqueiras, o surdo é obrigado a solicitar o acompanhamento de um parente ou amigo.

4. O atendimento na justiça, num banco, num consultório médico.

Como é notório, há dificuldades, há falta acessibilidade comunicativa em todas essas esferas. Novamente o surdo opta por levar um acompanhante, perdendo sua liberdade, privacidade e autonomia. Quanto aos bancos, não existe no nosso país uma única dessas instituições que possa afirmar que é verdadeiramente acessível aos seus clientes surdos. Na justiça, fazer um simples boletim de ocorrência pode se tornar impossível. Num consultório médico o sujeito surdo pode sair com um diagnóstico e prescrição de tratamento errados. Sem ter conseguido se comunicar de forma fluente e eficiente, o médico pode ter entendido errado o que está acontecendo e involuntariamente colocar em risco a vida do surdo.

5. E no turismo e lazer, os surdos enfrentam dificuldades?

Sim, até no momento de lazer, para ver um filme, uma peça teatral, ter acesso às informações de segurança num parque temático, ser alertado quanto aos perigos de incêndio… Se um surdo precisa comprar uma passagem, seja rodoviária ou aérea, normalmente precisa estar acompanhado de um ouvinte. Se as informações durante a viagem foram oralizadas, o surdo não teve acesso. Em hotéis o acolhimento ao surdo é igualmente feito de forma limitada. Tudo isso dificulta o livre acesso ao turismo e ao lazer.

Você pode usar tecnologias assistivas para eliminar essas dificuldades

Sim, existem tecnologias assistivas que podem ajudar na relação entre surdos e ouvintes, eliminando a barreira de comunicação que é o grande vilã dessa história. As empresas podem oferecer, por exemplo, o serviço de chats para surdos que dominam bem o português e plataformas de videoconferência com intermediação do intérprete de Libras para surdos usuários dessa língua. A tecnologia chegou para facilitar a vida de todos nós, não é mesmo?

Se você gostou desse texto, curta e compartilhe. Vamos juntos, tornar o mundo um lugar melhor para todos.

Posts relacionados

2 thoughts on “Quais dificuldades dos surdos ao longo da vida?

  1. MEU MUNDO

    Sentar diante de uma tela em branco e esperar que uma ideia amadureça é uma experiência gratificante: em que se conta com o vagaroso trabalho do inconsciente; a intuição, o instinto, a reminiscência e experiências sentidas. E assim, em meio a o silêncio exterior (por conta da surdez), que não é o vazio, mas a plenitude, traço um mundo irreal, belo, sereno, bucólico e nostálgico. Busco apenas as coisas que me fazem bem aos olhos, minha maneira de ver o mundo: um mundo quase sempre fincado nas paisagens nordestinas, onde nenhum dos avanços da tecnologia conseguiu eliminar as expressões mais autênticas da nossa cultura. É desse contexto envolto em magia e sonhos que arranco as figuras simples que transitam em muitas de minhas telas, como os sanfoneiros, os feirantes, os reisados, tipos que pareciam perdidos no imaginário popular. Muitas vezes tento trazê-los para a cidade grande, como percorrendo o mesmo itinerário que cumpri migrante na rota da esperança. E na tela eles ganham vida como saltimbancos multicoloridos, pastores travessos, foliões imunes a axés e trios elétricos. Tento fazer com quer as alegorias que transponho para minhas pinturas tenham as cores e os sabores da paisagem sertaneja, mista de docilidade e aspereza, de inocência e sensualidade, de misticismo e coragem. Acima de tudo, a resistência e a alegria de viver, traços marcantes da alma nordestina.

    Militão dos Santos

    Artista Plástico pernambucano surdo .

Deixe um comentário