Português: a segunda língua do surdo? Português: a segunda língua do surdo?

A segunda língua do surdo é o português? Saiba mais

3 minutos para ler
Powered by Rock Convert

Português é a segunda língua dos surdos. A Língua Brasileira de Sinais (Libras) é a sua primeira língua. Pela sua natureza visual, espacial e gestual, é a que melhor atende ao processo de percepção e apreensão da realidade. Ela funciona na promoção do desenvolvimento cognitivo do surdo e na construção da sua identidade. É por meio dela que o surdo organiza seu mundo interior, fator importante para que tenha condições de interpretar o mundo exterior e, com ele, interagir.

Português: a segunda língua do surdo?
Imagem: Divulgação

O português é uma língua oral, que necessita do canal auditivo para ser processada e entendida. Assim como a língua de sinais precisa do canal visual. Hoje já sabemos que o surdo tem igual potencial de significar o mundo pelo uso de sinais construídos com as mãos. E, muito além disso, expressões faciais e corporais.

Essa constatação traz em si implicações que devem ser levadas em conta. É preciso respeitar a língua do surdo. Impor a oralização ao surdo revelou-se, historicamente, pouco produtivo. A ele cabe o direito de escolher livremente a melhor forma de se comunicar.

Como sabemos, a língua é um sistema simbólico, desenvolvido por comunidades linguísticas, cujos signos são resultados de convenções sociais. Para a aquisição e domínio de uma língua, é necessário que o indivíduo tenha acesso precocemente, de forma natural, aos signos por ela veiculados.

Língua do surdo

O signo é o mediador entre nós e a nossa experiência de mundo. Esse conceito é tão importante que determinou, em última instância, a evolução da humanidade. Permitiu o nosso desenvolvimento, a capacidade de aquisição de um sistema linguístico e, por fim, a comunicação.

A língua é de vital importância no processo de significar e interagir com o mundo, sendo tão imprescindível que sua ausência isentaria o homem da principal marca que nos distingue dos outros animais.

O surdo tem comunidade própria, cuja característica é justamente o fato de possuir uma língua distinta. Ele é “estrangeiro” em seu próprio país. Diferente do que as pessoas pensam, a maioria dos surdos não fala o português.

Porém, o surdo é perfeitamente capaz de aprender o português, dominando a leitura e a escrita… Mas sempre a terá como segunda língua.

Acessibilidade na língua do surdo

A SignumWeb é uma empresa que entende que a comunicação é um direito inalienável de qualquer pessoa e contribui para que haja acessibilidade comunicativa o mais abrangente possível,  entre surdos e ouvintes.

Saiba mais!

Posts relacionados

Deixe um comentário