Entenda como a acessibilidade na web é importante em 4 dicas

4 minutos para ler
Powered by Rock Convert

Com os avanços tecnológicos, a acessibilidade na web se tornou uma necessidade para a todos, em especial para a comunidade surda, a que mais sofre quando se fala em barreiras comunicativas.

Mesmo após a Constituição Brasileira, que fala de igualdade de direito para todos, ter sido estabelecida em 1988, os deficientes auditivos precisaram continuar lutando para terem mais qualidade de vida e serem incluídos na sociedade.

Só para você ter uma ideia, as empresas precisam pensar em acessibilidade não somente com estruturas físicas e sim para prestarem uma assistência digital de qualidade. Somente no Brasil existem 10 milhões de pessoas com perda auditiva, segundo os dados do Censo do IBGE 2010. Além disso, o que mais preocupa é que a maioria dos surdos sofre por não ter um bom domínio da leitura ou escrita em português.

Embora os vídeos e textos estejam em alta para estratégias digitais, existem outros pontos que devem ser adotados por empresas que desejam ter um posicionamento digital e inclusivo. Se esse assunto te interessa e você deseja entender mais a respeito da acessibilidade na web, continue a leitura!

O que é acessibilidade na web?

A acessibilidade na web é um meio para garantir que todos os órgãos públicos e privados tenham um bom relacionamento com as pessoas com deficiência. Embora ela abranja a padronização de reformas estruturais, comunicacionais, ela ainda aborda a tecnologia.

A inclusão digital foi instituída pelos padrões e diretrizes da W3C com o objetivo de otimizar a comunicação de sites. Com isso ela visa quebrar as barreiras para que a comunidade deficiente possa desfrutar dos conteúdos que as empresas disponibilizam na internet.

Sem dúvidas, é cada vez mais crescente o número de pessoas conectadas e só para você ter uma ideia, o brasileiro fica cerca de 9 horas conectado na internet. Vou mais além em afirmar que milhões de pessoas com deficiência não desfrutam dos conhecimentos na web e isso é muito triste.

O Felipe Barros, CEO da SignumWeb por exemplo, quando começou a estudar encontrou muitas dificuldades. Filho de pais ouvintes, desde os 2 anos de idade, sempre achou difícil se fazer entender e se comunicar no português. Quando foi apresentado à Língua Brasileira de Sinais a sua vida mudou radicalmente e ainda assim continua enfrentando constantes desafios.

Pense na internet hoje, com essa gama de informações publicadas, em quantos milhões de brasileiros acessam os portais para tirarem as suas dúvidas e se frustram diariamente. A situação é realmente preocupante e agora chegou o momento de as empresas se adequarem para atender essas necessidades.

Veja 4 opções para iniciar a acessibilidade na web nas organizações

Dentre muitas estratégias para atender as pessoas com deficiência, alinhar a tecnologia com a inclusão é uma excelente iniciativa. Confira a seguir!

1. Faça descrições nas imagens para alcançar o público cego.

Além de melhorar a visibilidade do site e das informações, a descrição possibilita que o deficiente visual entenda a mensagem das imagens. Uma forma de você realizar isso é descrever a imagem e contextualizar para esse público.

2. Treine um bom suporte técnico

É evidente que estamos na era da experiência de consumo e a pessoa com deficiência precisa desfrutar de um bom atendimento também. A pior coisa é um surdo ligar para um suporte técnico e não ter profissionais preparados para atenderem as suas necessidades! Por isso, estude ferramentas que ofereçam uma excelente experiência para os seus clientes com deficiência.

3. Utilize a tradução em libras nos vídeos

Outra forma de trabalhar a acessibilidade, é sempre utilizar as traduções em libras nos vídeos que os colaboradores assistem em palestras ou, até mesmo, nos treinamentos internos. Mas fique atento para o fato de que isso precisa ser feito por intérpretes humanos profissionais ou correrá o risco de o conteúdo não fazer sentido ao ser traduzido;

4. Simplifique os seus artigos

Além de melhorar o posicionamento do seu site no Google, a otimização de palavras possibilita a compreensão para que pessoas com dislexia entendam o que está sendo exposto. Uma dica é você evitar redundâncias, palavras repetidas e blocos de textos muito grandes.

Para você ter um bom começo sugiro que conheça e utilize as seguintes ferramentas abaixo:

  • SignumWeb: disponibiliza intérpretes em tempo real;
  • Wave Evaluation Tool: ferramenta que testa o nível de acessibilidade do site.

Agora que você entendeu um pouco mais a respeito da acessibilidade na web, aproveite outros conteúdos interessantes e nos siga no Facebook, no Youtube, no Instagram e no LinkedIn.

Posts relacionados

2 thoughts on “Entenda como a acessibilidade na web é importante em 4 dicas

Deixe um comentário