Vulnerabilidade – o que é e como superar.

3 minutos para ler

Vulnerabilidade pode ser entendida como privação de acesso a bens e serviços. Assim pode estar relacionado com escassez de renda, moradia, saúde, segurança e até como dificuldade de acesso à educação de forma digna e adequada. Tais fatores colocam a pessoa em situação de fragilidade, expondo-as a riscos que poderiam ser evitados. 

Entretanto a vulnerabilidade e a consequente exclusão social, pode acontecer por outros fatores. Como aqueles motivados por discriminação e preconceito em função de raça, sexo, religião ou em função de uma deficiência física ou sensorial. Afinal, tudo isso também coloca a pessoa em situação de vulnerabilidade.

Vamos continuar falando de vulnerabilidade? Vem comigo até o final do texto.

Vulnerabilidade social, econômica e ambiental.

A vulnerabilidade sócioeconômica é aquela que surge como resultado de uma combinação de fatores que afetam negativamente a vida de quem se encontra nessa situação. Trata-se então do resultado da limitação de acesso a recursos econômicos e sociais, em maior ou menor grau, levando o sujeito a uma privação que pode comprometer a sua vida.

Contudo existem situações inusitadas ou inesperadas, sobre as quais nao temos muito controle. Por exemplo, alguns fatores como as catástrofes naturais, que  podem colocar um sujeito ou toda a sua comunidade em situação de vulnerabilidade. Nestes casos provavelmente haverá uma ampla mobilização social, a fim de minimizar os problemas daí decorrentes.  Afinal tais fatores costumam provocar uma forte comoção, levando o governo e a sociedade civil a unirem forças em busca de soluções emergenciais.

Entretanto, ações para combater as muitas outras formas de promoção de vulnerabilidades, não tão impactantes, não são tão facilmente implementadas.

Como superar a vulnerabilidade.

Para auxiiar as pessoas na superação das vulnerabilidades, é essecial identificar que pessoa ou qual grupo de pessoas está  vivenciando uma situação de debilidade. Assim, poderíamos pensar nas mulheres expostas a violência doméstica, nas crianças sexualmente abusadas, nos adolescentes e situação de rua ou no abandono de idosos ou incapazes.

Poderíamos também acrescentar a população que tem alguma forma de deficiência? E aquelas que sofrem de transtornos mentais? Que poderia ser falado sobre a comunidade LGBT ou os negros preteridos nas vagas de empego?

É importante esse diagnóstico porque, para cada grupo identificado, as ações de acolhimento seriam diferentes.

Todos pela construção de um mundo mais justo e inclusivo.

Você concorda que ainda é complicado falar em um mundo justo e inclusivo? Mas isso vem melhorando. Já é possível perceber maior mobilização em prol do combate às situações promotoras de vulnerabilidade. Assim as ações que visam a superação dos fatores que excluem pessoas, isolando-as do convívio social ou expondo-as a riscos por violação da segurança, da integridade física ou emocional, vem conseguindo a atenção e adesão de muitos.

São várias as estratégias de intervenção e prevenção possíveis. E elas devem envolver governo e sociedade civil para sua implementação. E você? Que contribuição pode dar, individualmente na construção de uma sociedade mais justa e igualitária? Você concorda que cada um de nós, dando uma pequena contribuição, amenizaríamos juntos o grave problema da vulnerabilidade? Estamos juntos na construção desse sonho?

A SignumWeb agradece o compartilhamento deste ideal.

Posts relacionados

Um comentário em “Vulnerabilidade – o que é e como superar.

Deixe um comentário