Como a pandemia afetou a acessibilidade para os surdos.

4 minutos para ler

A pandemia afetou a acessibilidade para os surdos de forma negativa, mas também trouxe fatos que precisam ser comemorados como ganhos na vida desses cidadãos.

Na realidade, cada um de nós tem vivido de forma muito particular toda essa história que deixou marcas profundas, muitas delas irreversíveis, em toda a humanidade,

Entretanto para os surdos existe uma particularidade extra, que diz respeito ao acesso à informação

Leia o texto e entenderá a complexidade dessa situação.  

Por que falar de de como a pandemia afetou a acessibilidade para os surdos.

Precisamos reconhecer que toda tragédia humana representa oportunidades de ganhos para alguns poucos privilegiados. Com o advento do COVID 19 não poderia ser diferente. Alguns setores da economia de fato multiplicaram seus caixas já bem abastados. Entretanto a maior parte da humanidade logrou prejuízos irreparáveis.

Mas aqui o objetivo é falar sobre os surdos, porque eles se virem em dificuldades extras para ter acesso às informações, especialmente nos primeiros dias dessa grave crise humanitária.

Como a pandemia afetou a acessibilidade para surdos usuários de Libras.

Inicialmente os surdos usuários de Libras ficaram à deriva, sem entenderem o que estava acontecendo no mundo. E sobretudo sem saber como acessar a rede de apoio, especialmente com relação ao acesso aos benefícios sociais, amplamente divulgados na mídia. Poucas vezes era lembrado a necessidade de inserir a janela de Libras nos comunicados midiáticos.   

Também não puderam levar acompanhantes para suas necessidades de interação na sociedade. Em função da restrição imposta quanto ao isolamento social, levar um intérprete de Libras ao médico, ao banco ou em qualquer outro espaço ficou impraticável. Sendo assim, o surdo se viu num isolamento ainda maior que o habitual.

Acessibilidade para surdos oralizados.

Além de todas as questões inerentes à situação, os surdos oralizados também se viram em grande dificuldade de acesso às informações. Isso aconteceu pelo simples fato de que necessitam do acesso aos lábios de quem fala, para que façam leitura labial.

O uso da máscara transparente não obteve grande aceitação, especialmente por parte dos médicos. Por não atender às normas legais, os infectologistas alertaram para o perigo de uso do equipamento, alegando que não protegem contra o coronavirus.

É possível imaginar a dificuldade e um surdo infectado, sendo atendido por um médico que se recusa, com razão, a retirar sua máscara. Por outro lado, esse profissional estava diante de um ser humano, numa situação em que a comunicação adequada se torna vital. Afinal, como seria possível comunicar sintomas e receber orientação do profissional como diagnóstico, cuidados necessários, prescrição etc?

Por que é possível falar de ganhos para os surdos durante a pandemia.

Como tudo na vida tem seu lado positivo, observamos ganhos para os surdos, durante a pandemia. A ampliação da acessibilidade comunicacional para esses cidadãos é fato notório. Óbvio que ainda há muito o que melhorar, mas muitas empresas procuraram a SignumWeb, por exemplo, solicitando a intervenção de tradutores/ intérpretes de Libras nas suas reuniões e Lives. Inclusive na produção de janelas de Libras para seus vídeos institucionais.

Trata-se de uma tendência que veio para ficar. Tanto em cumprimento às leis que já determinavam tais práticas, quanto para fortalecer a imagem de empresa socialmente responsável. Além disso perceberam a oportunidade de alcançar esse público de forma mais fácil e barata, através das plataformas tecnológicas. Quer saber mais sobre como tornar sua empresa verdadeiramente acessível aos surdos? Entre em

Posts relacionados

Deixe um comentário