Para refletir… Sua empresa é deficiente no atendimento ao surdo?